Conheça as vacinas produzidas pelo Instituto Butantan

No curso de sua história centenária, o Instituto Butantã tornou-se uma referência mundial na produção de vacinas e soros. Desde a epidemia de Peste Bubônica ocorrida no Porto de Santos em 1898, a instituição concentrou suas atividades no desenvolvimento de tecnologias avançadas para a fabricação de substâncias imunobiológicas. Atualmente, o instituto de pesquisa e saúde é responsável por mais da metade das doses de soros e vacinas produzidas no Brasil.


Tipos de vacinas produzidas

vacinas-do-instituto-butantan

As vacinas produzidas pelo Butantan são destinadas à prevenção e cura de uma série de doenças com níveis distintos de gravidade que se desenvolvem em crianças e adultos. Logo abaixo você vai conhecer o inventário completo das vacinas produzidas pelo Instituto Butantan.

Vacina contra difteria, tétano e coqueluche

A vacina adsorvida difteria, tétano e pertussis (DTP) atua na prevenção da difteria, tétano e coqueluche. Deve ser aplicada aos dois, quatro e seis meses de vida. A criança também deve receber uma dose de reforço entre os 14 e os 18 meses de vida e outra entre quatro e seis anos de idade.

Vacina contra difteria e tétano adulto

A vacina adsorvida difteria e tétano (dT) age na prevenção de difteria e tétano. Quando houver indicação, essa vacina deve ser aplicada em crianças de acima de 7 anos, uma vez que ela possui uma dose menor do componente diftérico.

Vacina contra difteria e tétano infantil

A vacina adsorvida difteria e tétano infantil (DT) também previne contra difteria e tétano, porém, ela deve ser aplicada apenas em crianças que apresentam contraindicações para receber  a adsorvida difteria, tétano e pertussis (DTP), ou que tenham sido diagnosticadas com coqueluche. Assim como a vacina adsorvida difteria, tétano e pertussis (DTP), a  adsorvida difteria e tétano infantil (DT) pode ser aplicada em crianças menores de 7 anos de idade.

Vacina contra a hepatite B

vacinas-instituto-butanta

Produzida desde 2001, a vacina adsorvida hepatite B (recombinante) age contra a hepatite B, que consiste em uma inflamação no fígado usualmente causada por uma infecção viral. Devem ser aplicadas três doses no paciente por via intramuscular. A segunda e a terceira doses são aplicadas após um e seis meses, respectivamente.

Vacina contra gripe influenza

A vacina influenza sazonal trivalente (fragmentada e inativada) atua na prevenção e da influenza, popularmente conhecida como gripe. A vacina reduz a propagação e diminui a gravidade dos sintomas dessa infecção viral que acomete mais de 500 milhões de pessoas por ano em todo o mundo.

No Brasil, há uma campanha de vacinação da gripe que acontece todos os anos durante o mês de maio. Mesmo quem recebe a aplicação pode ser infectado novamente e contrair gripe se o vírus responsável pela infecção não estiver presente na composição da vacina. A influenza sazonal trivalente não pode ser aplicada em pessoas com alergia à proteína, já que as doses são preparadas a partir de ovos de galinhas.

Vacina contra raiva

A vacina raiva inativada (VR/VERO) é utilizada para imunizar humanos contra a raiva, que consiste em uma doença infecciosa transmitida por mamíferos em ambientes urbanos e silvestres. A raiva apresenta letalidade de 100%, mas as doses distribuídas pelo Instituto Butantan possuem um dos mais altos níveis de rendimento registrados na literatura. A vacina produzida pela instituição oferece uma excelente resposta imunológica e risco baixo para gerar reações adversas.

Novas vacinas

vacinas-no-instituto-butantan

Além das vacinas distribuídas para todo o Brasil, o Instituto Butantan mantém atividades permanentes de pesquisa em seus laboratórios e realiza parcerias para novas produções. Um exemplo é o desenvolvimento da primeira vacina brasileira contra a dengue, que está em fase de estudos em conjunto com outras instituições. Além disso, acordos de transferência de tecnologia de parceiros privados com Ministério da Saúde e o Instituto Butantan permitiram incluir três vacinas no calendário nacional de vacinação. São elas:

  • Vacina contra HPV, em parceria com MSD – volta a meninas entre 11 e 13 anos;
  • Vacina contra Hepatite A, em parceria com a MSD – voltada a crianças de até 1 ano;
  • Vacina dTpa contra difteria, tétano e coqueluche, em parceria com a GSK (GlaxoSmithKline) – voltada a gestantes.

Se você tiver alguma dúvida sobre as vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, entre em contato pelo telefone (11) 2627-9300.