Recepção de animais no Instituto Butantan

Você sabia que há um setor exclusivo para recepção de animais no Instituto Butantan? As entregas de serpentes, aranhas, escorpiões, lacraias, carrapatos e insetos podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Recepção de Animais do Laboratório Especial de Coleções Zoológicas. Já aos sábados, domingos e feriados é possível destinar os espécimes das 9h às 16h30, no Museu Biológico.

Quem fizer uma doação durante a semana recebe um comprovante, a identificação do animal, além de informações relacionadas aos riscos causados pelo animal. Já para as entregas feitas aos finais de semana, o doador receberá os dados no primeiro dia útil, por telefone ou pela internet.

Se não for possível encaminhar o material à recepção de Animais do Instituto Butantan, procure o Corpo de Bombeiros ou o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) do IBAMA.

Como coletar animais artrópodes

animais-artropodes

Carrapatos, insetos, aranhas, escorpiões e lacraias são animais artrópodes. Para fazer a coleta, o Instituto Butantan recomenda usar luvas e ter bastante cuidado para não levar ferroadas ou picadas.

Utilize um frasco transparente com abertura suficiente para introduzir o animal e faça pequenos furos na tampa. Com exceção do transporte de “taturanas”, você pode colocar um pedaço de pano pequeno, papel ou algodão umedecido no recipiente. Assim você evita que o animal morra por ressecamento.

Transporte de animais artrópodes

frasco-transparente

Em caso de coleta de escorpiões, só se deve transportar no máximo quatro espécimes por recipiente. Além disso, você deve espalhar folhas secas de árvores na caixa. Aranhas e lacraias devem ser transportadas em frascos individuais.

O material coletado deve conter o nome da pessoa que fez a coleta, assim como o local e a data da captura. Vale lembrar que o animal deve ser encaminhado ao Instituto Butantan o mais rápido possível.

Como coletar serpentes

serpente

O Instituto Butantan alerta para o risco de coletar uma serpente sem o uso de proteção. Isso porque uma espécie venenosa pode armar um bote de quase 50% do seu tamanho. É altamente recomendável o uso de botas, além de gancho, pinção ou laço de Lutz para dominar o animal. A captura de uma serpente não é algo simples, por isso o Butantan pede que seja feita por uma pessoa experiente ou por órgãos competentes, como o Corpo de Bombeiros.

Como transportar serpentes

O transporte de serpentes deve ser feito em uma caixa de madeira ou de plástico resistente. Jamais utilize uma caixa de papelão, pois ela pode umedecer e perder sua forma. Faça furos de até 2mm e fique atento para evitar aberturas que permitam a fuga do animal. Além disso, você não deve deixar a caixa sob o sol ou em ambientes com altas temperaturas.

Leve a serpente o mais rápido possível ao Instituto Butantan e não abra a caixa antes disso. Ela só deverá ser aberta por profissionais com experiência. As serpentes do grupo das corais devem ser transportadas em recipientes individuais.

O que acontece com os animais doados ao Instituto Butantan?

animais-peconhetos

– Serpentes e aranhas são mantidos em cativeiro para a extração dos venenos utilizados na produção de soros antiofídicos e antiaracnídicos;

– As lagartas de Lonomia obliqua são colocadas em quarentena para a extração de cerdas utilizadas na produção de soro antilonômico;

– Os animais são destinados a laboratórios de pesquisa do Instituto Butantan e também outros institutos;

– As espécies são colocadas em exposição no Museu Biológico e no Serpentário do Instituto Butantan;

– Os exemplares são destinados  a coleções zoológicas, didáticas e banco de tecidos do Instituto Butantan.

5 Respostas

  1. Angela Diefenbach 29 de novembro de 2014 / 0:31

    Boa noite! Peço informações sobre como participar da seleção de pessoas c/ melanoma p/ a pesquisa do “Saliva do carrapato estrela”, meu marido Paulo (51 anos) está c/ melanoma a 1 ano, e esta descoberta no Instituto Butantan tem sido nossa esperança, voces tem alguma informação sobre isto?
    Precisamos salvá-lo. Ajudem. agradeço

    • admin 8 de dezembro de 2014 / 12:01

      Olá, Angela.

      O próximo passo da pesquisa é realizar testes em humanos. O Instituto Butantan precisa de uma autorização da Anvisa para iniciar os experimentos.

  2. Rodrigo Iachel 20 de janeiro de 2015 / 17:33

    Amigos, boa tarde. Meu filho tem 09 anos, e é super interessado em aranhas, principalmente as tarântulas. Fizemos uma visita ao Butantan ano passado, e ele ficou encantado. Ele gostaria muito de ter uma tarântula como um animal de estimação. Ele já sabe quase tudo: o que ela come, como preparar um habitat pra ela, etc, etc. Fomos até o Ibama para colher mais informações, e fomos orientados a não retirar a aranha de seu habitat natural, e sim procurar um criadouro, que teria todas as informações do espécime. Vocês poderiam a nos ajudar a encontrar um criadouro que possa nos fornecer (vender) uma tarântula?? Muito obrigado.

    • admin 2 de fevereiro de 2015 / 13:19

      Olá, Rodrigo.

      Por gentileza, entre em contato com o SAC do Butantan pelo telefon 0800 7012850 ou pelo e-mail sac@butantan.gov.br​.

Comentários desativados.