Cursos do Instituto Butantan abrem inscrições para o 2º semestre

Estão abertas as inscrições para cursos do Instituto Butantan para o 2º semestre. São 19 opções de especialização em Divulgação Científica e Extensão Universitária. As aulas englobam áreas relacionadas a Biologia e Ecologia Animal, Saúde Pública, Divulgação da Ciência, Pesquisa, Educação e Análise Filogenética. Confira as informações completas de todos os cursos.


Divulgação Científica

instituto-butantan-cursos-2-semestre

BIOLOGIA ANIMAL

1. Reconhecimento de animais peçonhentos

Datas: 24/08, 18/10, 16/11

Horário: 9h às 16h30

Público: Membros do Exército, Polícia Militar, Defesa Civil, Bombeiros,

Técnicos de Zoonoses, agentes do SAMU e de Segurança do Trabalho. A comprovação da atividade profissional é obrigatória.

Vagas: 30

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender sobre prevenção de acidentes, primeiros socorros e reconhecimento dos animais peçonhentos.

Obs: Será necessário utilizar vestimenta adequada para atividade em campo

2. Animais peçonhentos

Datas: 20/10 e 25/11

Horário: 13h às 17h

Público: geral

Vagas: 70

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender também sobre prevenção e primeiros socorros dos acidentes causados pelos animais.

3. Insetos venenosos

Datas: 06/10

Horário: 13h às 16h30

Público: geral

Vagas: 50

Programa: Os alunos vão aprender sobre biologia e identificação dos insetos, além de medidas preventivas contra acidentes de importância em saúde.

SAÚDE PÚBLICA

1. Noções básicas em soros e vacinas

Data: 04/10

Horário: 13h às 17h

*Público: graduandos e graduados da área da saúde (comprovação obrigatória)

Vagas: 70

Programa: O curso aborda as etapas de produção de soros heterólogos e vacinas, além de aspectos teóricos das Políticas Públicas de imunização.

2. Atualização Médica – acidentes por animais peçonhentos

Data: 26/11 (sábado)

Horário: 9h às 13h

Público: médicos e enfermeiros (comprovação obrigatória)

Vagas: 70

Programa: O curso engloba a temas relacionados à importância dos animais peçonhentos para a saúde, além dos aspectos clínicos e epidemiológicos de acidentes. OS critérios de diagnósticos e a abordagem terapêutica também estão no programa.

DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA

Vamos falar de Evolução: de Darwin aos dias atuais

Data: 27/10

Horário: 13h às 18h

Público: geral

Vagas: 70

Programa: O curso vai abordar a Teoria da Evolução através da História da Ciência, da antiguidade aos dias atuais, sobretudo em relação ao pensamento evolucionista. A biografia de Charles Darwin será apresentada, assim como os principais elementos que resultaram na publicação da “Origem das Espécies”.

PESQUISA

Introdução à microscopia nas ciências biológicas

Data: 10/11

Horário: 9h às 16h30

Público: geral

Vagas: 20

Programa: O curso aborda os principais aspectos de microscopia de luz e eletrônica. Os alunos terão contato com as técnicas de preparação de material biológico para a realização de exames ao microscópio (conteúdo com aula teórica e prática demonstrativa).

Extensão Universitária

BIOLOGIA E ECOLOGIA ANIMAL

1. Aves como bioindicadores: curso de ornitologia de campo

Data: 18 a 22 de julho

Horário: 8h às 17h

Público: profissionais e alunos dos cursos de Biologia.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas abordam a diversidade, ecologia, biogeografia e conservação de aves, ressaltando na avifauna brasileira. O curso dará ênfase em técnicas de pesquisa em campo, sobretudo quanto aos métodos utilizados para o levantar monitorar a comunidades de aves.

Coordenação: Erika Hingst-Zaher, Luciano Lima e Karlla Barbosa (Museu Biológico)

2. Aby Warburg e a representação da serpente na história ocidental

Data: 1º a 3 de agosto

Horário: 9h às 13h

Público: alunos iniciantes ou que já têm experiência em estudos da imagem com ênfase na história da arte.

Carga horária: 12 horas

Vagas: 25

Programa: As aulas introduzem o pensamento de Warburg e contextualizam a representação da serpente na história ocidental.

Coordenação: Adilson Mendes (Núcleo de Difusão do Conhecimento)

BIOLOGIA DE ANIMAIS DE INTERESSE EM SAÚDE

Aracnídeos

Data: 03 a 07 de outubro

Horário: 8h30 às 17h

Público: graduados e graduandos nas áreas de Biologia, Biomedicina, Veterinária e Zootecnia que já cursaram as disciplinas de Zoologia I e II.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso terá como temas a biologia e morfologia dos aracnídeos, comportamento, criação e manutenção em Cativeiro, bem como técnicas de coleta e obtenção de venenos e produção de soro. As aulas apresentam ainda assuntos sobre prevenção, controle e clínica de acidentes.

Coordenadora: Rosana Martins e Vanessa Penna Gonçalves (Laboratório de Artrópodes)

BIOLOGIA E ECOLOGIA ANIMAL

1. Quelônios: da pesquisa ao campo. Conhecendo tartarugas, cágados e jabutis

Data: 29 de agosto a 02 de setembro

Horário: 13h30 às 17h

Público: graduandos, graduados em qualquer área do conhecimento e demais interessados.

Carga horária: 20 horas

Vagas: 20 

Programa: As aulas englobam aspectos relacionadas a biologia, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros aquáticos e terrestres (tartarugas marinhas e de água doce, cágados e jabutis). Além disso, o curso fala sobre a relação entre homem e quelônios e aborda o manejo a manutenção das espécies. Haverá também uma oficina lúdica de modelagem de argila.

Coordenação: Myriam Elizabeth Velloso Calleffo (Laboratório de Herpetologia)

2. Biologia reprodutiva de Squamata (serpentes, lagartos  e anfisbenas)

Data: 19 a 23 de setembro

Horário: 8h30 às 17h30

Público: graduandos a partir do 2º ano, além de graduados em Biologia, Veterinária e áreas relacionadas.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 25

Programa: O curso engloba temas como comportamento e reprodução em cativeiro, anatomia e fisiologia reprodutiva, modos reprodutivos, manejo e patologia reprodutiva. Além disso, os ciclos reprodutivos de fêmeas e machos, bem como hormônios, comunicação química e feromônios estão na programação. Haverá aula prática de dissecção e análises histológicas.

Coordenação: Selma M. A. Santos (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

IMPORTANTE: Os alunos deverão ter avental e equipamento de dissecção (pinça e tesoura).

3. História Natural de Serpentes

Data: 26 a 30 de setembro

Horário: 9h às 17h

Público: graduados e graduandos em Ciências Biológicas com interesse em pesquisa na área de herpetologia.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso aborda a caracterização das serpentes e a introdução aos estudos de História Natural. Outros temas presentes no programa englobam diversidade e evolução dos principais grupos, atividade e uso de habitat, além de alimentação, estratégias defensivas, reprodução e conservação.

Coordenador: Otavio Marques (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

4. Diversidade e Evolução do comportamento dos aracnídeos 

Data: 25 a 27 de outubro

Horário: 8h30 às 17h

Público: graduados e graduandos cursando, no mínimo, o penúltimo ano em Ciências Biológicas, Psicologia, Veterinária e Zootecnia.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 20

Programa: Entre os temas propostos nas aulas estão: introdução ao estudo do comportamento animal, diversidade das ordens Solifugae, Pseudoscorpiones, Palpigradi, Acari, Ricinulei, Amblypygi, Thelyphonida e Schizomida, com ênfase na evolução de Araneae, Opiliones e Scorpiones. Além disso, o curso engloba fisiologia e comportamento predatório, reprodutivo, cleptoparasitismo e socialidade.

Aula prática: haverá aula prática sobre observação e análise do comportamento predatório e reprodutivo dos aracnídeos.

Coordenação: Vanessa Penna Gonçalves (Laboratório de Artrópodes)

5. Anfíbios: Biologia, Venenos e Folclore

Data: 07 e 08 de novembro

Horário: 9h às 17h

Público: geral

Carga horária: 16 horas

Vagas: 50        

Programa: O curso faz uma introdução à sistemática dos anfíbios e apresenta temas sobre biologia e história natural de anuros, urodelos e gimnofionas. Fazem parte do programa assuntos relacionados a estratégias de defesa contra predadores, microrganismos e dessecação, morfologia e fisiologia da pele com ênfase nas glândulas produtoras de veneno, além de estratégias reprodutivas e anfíbios na cultura popular.

Coordenação: Carlos Jared e Marta Maria Antoniazzi (Laboratório de Biologia Celular)

6. Patrimônio Imaterial e Etnobiologia em saúde: uma pesquisa na Amazônia do Oeste do Pará

Data: 21 a 23 de novembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: geral

Carga horária: 12 horas

Vagas: 25

Programa: o curso aborda a História da Saúde no oeste do Pará, com o Fordismo e imigração nordestina, além da formação dos núcleos e hospitais. As aulas falam sobre o Patrimônio Cultural no Oeste do Pará, as práticas populares de prevenção e cura oriundos de recursos da natureza e as comunidades tradicionais.

Coordenação: Myriam Elizabeth Velloso Calleffo (Laboratório de Herpetologia) e Suzana Cesar Gouveia Fernandes (Núcleo de Documentação)

TÉCNICAS DE COLETA E MANUTENÇÃO DE ANIMAIS

1. Animais de Laboratório: uma especialidade

Data: 17 a 21 de outubro

Horário: 8h30 às 17h30

Público: alunos de pós-graduação, bioteristas e usuários de animais de laboratório. É necessário ter graduação para participar do curso.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O Curso engloba temas relacionados a analgesia, anestesia em lagomorfos e roedores de laboratório, assim como biossegurança em biotério, boas práticas de produção em biotérios, legislação e 3Rs. Outros temas presentes nas aulas serão etologia e enriquecimento ambiental, eutanásia e descarte de resíduos biológicos. O programa apresenta também Interferências do ambiente no resultado experimental, manejo das espécies convencionais de animais de laboratório, bem como vias de administração e coleta de material.

Coordenação: Vânia Gomes de Moura Mattaraia (Biotério Central)

2. Coleta, montagem e identificação de insetos

Data: 09 a 11 de novembro

Horário: 9h às 17h

Público: profissionais da área biológica e demais interessados.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 12

Programa: O curso ensina sobre as técnicas entomológicas para coletar insetos utilizando. As aulas explicam sobre a triagem e a montagem do material para realizar coleções científicas e identificar as principais ordens.

Coordenação: Roberto Henrique Pinto Moraes (Laboratório Especial de Coleções Zoológicas)

Obs: Os alunos deverão ter equipamento próprio (pinças, estiletes etc) e roupas adequadas para aula em campo.

EDUCAÇÃO

1. Reflexões e estratégias didáticas de ensino de microbiologia nos Ensinos Fundamental e Médio

Data: 05 a 08 de julho

Horário: 9h às 17h

Público: professores de Ciências e/ou Biologia dos Ensinos Fundamental e Médio, profissionais de Educação e graduandos em Biologia e Ciências da Natureza a partir do 3º ano.

Carga horária: 32 horas

Vagas: 15

Programa: O curso terá apresentação de materiais didáticos do Museu de Microbiologia, dinâmicas educativas e palestras de metodologia de ensino. Além disso, as aulas propõem o desenvolvimento de atividades didáticas, práticas didáticas laboratoriais de microbiologia e elaboração de uma ação educativa sobre microbiologia.

Coordenação: Adriano Dias de Oliveira e Cynthia Iszlaji (Museu de Microbiologia)

2. Animais em exposição: desafios e potencialidades educacionais

Data: 11 a 15 de julho

Horário: 9h às 17h

Público: alunos de licenciatura, estudantes de pós-graduação em áreas relacionadas à educação, professores de Ciências e Biologia dos ensinos fundamental e médio e educadores.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 25

Programa: O curso aborda as relações históricas dos museus e zoológicos com seus públicos, os desafios e potencialidade do uso de animais no ensino de ciências e em espaços de educação não-formal, além de metodologias educativas e propostas de atividades.

Coordenação: Giuseppe Puorto, Mariana G. Soler (Museu Biológico/Butantan), Fátima Roberti (Zoológico de São Paulo/FPZSP) e Márcia Lourenço (Museu de Zoologia/USP)

3. Introdução à educação em museus (módulo I)

Datas: 09, 11, 23 e 25 de agosto

Horário: 13h30 às 17h30

Público: alunos de licenciatura; professores de todos os níveis; educadores de museus e demais interessados.

Carga horária: 12 horas

Vagas: 20

Programa: Baseado na educação não-formal, o programa engloba aspectos históricos da educação em museus, definição de museus e suas tipologias, aprendizagem, públicos e a relação museu-escola. Além disso, as aulas falam sobre o perfil do profissional que atua nessa área e como são compostas as equipes educativas. Haverá atividade prática com visita aos museus.

Coordenação: Luciana M. Monaco (Núcleo de Difusão do Conhecimento) e Paulo N. Monteiro (Laboratório Especial de História da Ciência)

4. Introdução à prática educativa em museus (módulo II)

Data: 27 a 29 de setembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: alunos de licenciatura; professores de todos os níveis; educadores de museus e demais interessados.

Carga horária: 12 horas

Vagas: 25

Programa: O conteúdo do curso engloba temas sobre a composição da prática educativa em espaços não formais, a ideia de comunidades de prática e a especificidade dos museus. Além disso, as aulas tratam sobre a produção e a definição de materiais educativos e o passo a passo na elaboração de uma ação educativa e proposta de avaliação da ação educativa elaborada.

Coordenação: Luciana M. Monaco (Núcleo de Difusão do Conhecimento)

SAÚDE PÚBLICA

1. Soros e Vacinas

Data: 15 a 19 de agosto

Horário: 9h às 17h

Público: graduados em Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Veterinária e Biologia.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 60

Programa: Estão presentes no programa do curso temas relacionados a Farmacovigilância, animais peçonhentos, extração de venenos, manejo e imunização de equinos, produção de soros e de vacinas bacterianas, virais e recombinantes, controle e garantia de qualidade, além de formulação, envase e acondicionamento.

Coordenação: Amanda Ferreira da Silva Araújo (Seção de Processamento de Plasma Hiperimune), Denise Cristina André Oliveira (Seção de Hepatite) e Fernanda Lúcio dos Santos Macarini (Seção de Vacinas Anaeróbicas).

2. Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento – O papel das instituições de pesquisa e o Sistema Único de Saúde Brasileiro

Data: 12 a 16 de setembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: pesquisadores, profissionais, graduados, e pós-graduandos nas áreas afins ao tema Ciência, Tecnologia e Saúde.

Carga horária: 20 horas

Vagas: 20

Programa: O curso engloba conceitos, informações e atualização sobre os temas C & T e P & D, além de inovação e complexo industrial da saúde. Também estão presentes no conteúdo programático o papel dos institutos de pesquisa e o Sistema Único de Saúde.

Coordenação: Cristiano Corrêa de Azevedo Marques e Olga Sofia Fabergé Alves (Laboratório Especial de História da Ciência)

3. Ecotoxicologia e indicadores ambientais

Data: 05 a 09 de dezembro

Horário: 14h às 17h

Público: Alunos de graduação, pós-graduação e profissionais das áreas de ciências.

Carga horária: 15 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas fazem uma introdução à Ecotoxicologia e tratam de temas relacionados a contexto histórico, legislação ambiental, ações antrópicas, fontes de poluição e vias de exposição. O curso aborda também os principais grupos de contaminantes ambientais, potenciais compartimentos de contaminantes nos ecossistemas naturais e destino e comportamento de contaminantes ambientais nos ecossistemas e nos organismos (biodegradação, bioacumulação e biomagnificação). Além disso, o programa apresenta conceitos de biomarcadores e bioindicadores, efeitos tóxicos e genéticos, cultivo e manutenção de organismos em laboratório, metodologias padronizadas e aplicadas em estudos de impacto ambiental, bem como noções práticas de ensaios ecotoxicológicos.

Coordenação: Lenita de Freitas Tallarico (Laboratório de Parasitologia)

ANÁLISE FILOGENÉTICA

Fundamentos Teóricos e Práticos da Sistemática Filogenética

Data: 31 de outubro, 03, 07, 10, 17, 18, 21, 24 e 28 de novembro e 1º de dezembro

Horário: 13h às 17h

Público: Graduados e graduandos nas áreas de Ciências Biológicas.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas englobam temas relacionados a sistemas de organização da biodiversidade, história das escolas de sistemática, epistemologia e sistemática, metodologia de análise filogenética, enraizamento de cladogramas e o triplo paralelismo de agassiz e haeckel, biogeografia histórica (o quarto paralelismo), regras de classificação e taxonomiam reconhecimento de padrões sistemáticos à inferência de processos evolutivos, aplicações da sistemática em Bioprospecção, bem como sistemática e conservação da biodiversidade.

Coordenação: Hebert Ferrarezzi (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

Inscrições

Para se inscrever, você precisa acessar a página dos cursos e selecionar a data desejada. Em seguida, você deve preencher um formulário e enviar o pedido da inscrição. Os valores das aulas são os seguintes:

Cursos de Extensão Universitária

Até 30 horas/aula: R$ 80,00

Acima de 31 horas/aula: R$ 120,00

Cursos de Divulgação Científica

Preço único: R$ 80,00

Para obter mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 2627-9537 ou pelo e-mail cursos.cultural@butantan.gov.br.