Confira a programação dos Cursos 2016 do Instituto Butantan

Quer estudar no Instituto Butantan? Então confira a programação de cursos preparada para 2016. O cronograma apresenta inúmeras opções de capacitação nas modalidades de Divulgação Científica e Extensão Universitária para o 1º e o 2º semestre. Você vai poder escolher entre as áreas de Biologia e Ecologia Animal, Saúde Pública, Divulgação da Ciência, Pesquisas, Coleta e manutenção de Animais, Imunologia, Educação, Gestão Ambiental e Análise Filogenética. Confira o calendário completo.


Divulgação Científica – 1º Semestre

instituto-butantan-divulgacao-cientifica

BIOLOGIA ANIMAL

1. Reconhecimento de animais peçonhentos

Valor: R$ 60

Datas: 15/03, 10/05 e 14/06

Horário: 9h às 16h30

Público: Membros do Exército, Polícia Militar, Defesa Civil, Bombeiros,

Técnicos de Zoonoses, agentes do SAMU e de Segurança do Trabalho. A comprovação da atividade profissional é obrigatória.

Vagas: 30

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender sobre prevenção de acidentes, primeiros socorros e reconhecimento dos animais peçonhentos.

Obs: Será necessário utilizar vestimenta adequada para atividade em campo

2. Animais peçonhentos

Valor: R$ 60

Datas: 24/03, 12/05 e 16/06

Horário: 13h às 17h

Público: geral

Vagas: 70

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender também sobre prevenção e primeiros socorros dos acidentes causados pelos animais.

3. Insetos venenosos

Valor: R$ 60

Datas: 19/04 e 23/06

Horário: 13h às 16h30

Público: geral

Vagas: 25 vagas para 19/04 e 50 vagas para 23/06

Programa: Os alunos vão aprender sobre biologia e identificação dos insetos, além de medidas preventivas contra acidentes de importância em saúde.

SAÚDE PÚBLICA

1. Noções básicas em soros e vacinas

Valor: R$ 60

Data: 04/05

Horário: 13h às 17h

Público: graduandos e graduados da área da saúde (comprovação obrigatória)

Vagas: 70

Programa: O curso aborda as etapas de produção de soros heterólogos e vacinas, além de aspectos teóricos das Políticas Públicas de imunização.

2. Farmacovigilância de vacinas e soros

Valor: R$ 60

Data: 07/06

Horário: 9h às 17h

Público: graduados, graduandos, técnicos e profissionais da área da saúde.

Vagas: 40

Programa: O curso vai abordar o histórico da Farmacovigilância no Brasil e no mundo, além da Farmacovigilância de eventos adversos no pré-registro e no pós-registro. Além disso, a aula engloba temas sober reação adversa a medicamentos e o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.

Divulgação Científica – 2º Semestre

BIOLOGIA ANIMAL

1. Reconhecimento de animais peçonhentos

Datas: 24/08, 18/10 e 16/11

Horário: 9h às 16h30

Público: Membros do Exército, Polícia Militar, Defesa Civil, Bombeiros,

Técnicos de Zoonoses, agentes do SAMU e de Segurança do Trabalho. A comprovação da atividade profissional é obrigatória.

Vagas: 30

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender sobre prevenção de acidentes, primeiros socorros e reconhecimento dos animais peçonhentos.

Obs: Será necessário utilizar vestimenta adequada para atividade em campo

2. Animais peçonhentos

Datas: 20/10 e 25/11

Horário: 13h às 17h

Público: geral

Vagas: 70

Programa: O curso vai abordar a biologia de serpentes, aranhas e escorpiões. Os alunos vão aprender também sobre prevenção e primeiros socorros dos acidentes causados pelos animais.

3. Insetos venenosos

Datas: 06/10

Horário: 13h às 16h30

Público: geral

Vagas: 50

Programa: Os alunos vão aprender sobre biologia e identificação dos insetos, além de medidas preventivas contra acidentes de importância em saúde.

DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA

1. Vamos falar de Evolução: de Darwin aos dias atuais

Data: 27/10

Horário: 13h às 18h

Público: geral

Vagas: 70

Programa: O curso vai abordar a Teoria da Evolução através da História da Ciência, da antiguidade aos dias atuais, sobretudo em relação ao pensamento evolucionista. A biografia de Charles Darwin será apresentada, assim como os principais elementos que resultaram na publicação da “Origem das Espécies”.

SAÚDE PÚBLICA

1. Noções básicas em soros e vacinas

Data: 04/10

Horário: 13h às 17h

*Público: graduandos e graduados da área da saúde (comprovação obrigatória)

Vagas: 70

Programa: O curso aborda as etapas de produção de soros heterólogos e vacinas, além de aspectos teóricos das Políticas Públicas de imunização.

2. Atualização Médica – acidentes por animais peçonhentos

Data: 26/11 (sábado)

Horário: 9h às 13h

Público: médicos e enfermeiros (comprovação obrigatória)

Vagas: 70

Programa: O curso engloba a temas relacionados à importância dos animais peçonhentos para a saúde, além dos aspectos clínicos e epidemiológicos de acidentes. OS critérios de diagnósticos e a abordagem terapêutica também estão no programa.

PESQUISA

1. Introdução à microscopia nas ciências biológicas

Data: 10/11

Horário: 9h às 16h30

Público: geral

Vagas: 20

Programa: O curso aborda os principais aspectos de microscopia de luz e eletrônica. Os alunos terão contato com as técnicas de preparação de material biológico para a realização de exames ao microscópio (conteúdo com aula teórica e prática demonstrativa).

Extensão Universitária – 1º Semestre

instituto-butantan-curso-extensao-universitaria

BIOLOGIA DE ANIMAIS DE INTERESSE EM SAÚDE

1. Serpentes

Valor: R$ 120

Data: 28 de março a 1º de abril

Horário: 9h às 17h

Público: profissionais, professores e alunos cursando o último ano dos cursos de Educação Ambiental ou Biociências e Biomédicas, com conhecimentos em zoologia de vertebrados (répteis), sistemática e evolução.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso aborda temas como identificação, história natural e distribuição geográfica, além de ação dos venenos, prevenção de acidentes, clínica dos acidentes, primeiros socorros e manejo de serpentes.

Coordenação: Giuseppe Puorto (Museu Biológico)

2. Animais venenosos

Valor: R$ 120

Data: 27 de junho a 01 de julho

Horário: 9h às 17h

Público: profissionais, professores e alunos cursando o último ano de Biociências ou Educação Ambiental, que tenham com conhecimentos em zoologia de invertebrados (artrópodes) e vertebrados, sistemática e evolução.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: a programação das aulas engloba temas como identificação de animais (serpentes, escorpiões, aranhas, insetos, anfíbios e peixes), história natural e distribuição geográfica, além de manejo, clínica e prevenção de acidentes e primeiros socorros com animais peçonhentos.

Coordenação: Giuseppe Puorto (Museu Biológico)

BIOLOGIA E ECOLOGIA ANIMAL

1. Aves como bioindicadores: curso de ornitologia de campo

Valor: R$ 120

Data: 18 a 22 de julho

Horário: 8h às 17h

Público: profissionais e alunos dos cursos de Biologia

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas abordam a diversidade, ecologia, biogeografia e conservação de aves, ressaltando na avifauna brasileira. O curso dará ênfase em técnicas de pesquisa em campo, sobretudo quanto aos métodos utilizados para o levantar monitorar a comunidades de aves.

Coordenação: Erika Hingst-Zaher, Luciano Lima e Karlla Barbosa (Museu Biológico)

TÉCNICAS DE COLETA E MANUTENÇÃO DE ANIMAIS

1. Coleta, montagem e identificação de insetos

Valor: R$ 80

Data: 21 a 23 de março

Horário: 9h às 17h

Público: profissionais da área biológica e demais interessados.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 12

Programa: O curso ensina sobre as técnicas entomológicas para coletar insetos utilizando. As aulas explicam sobre a triagem e a montagem do material para realizar coleções científicas e identificar as principais ordens.

Coordenação: Roberto Henrique Pinto Moraes (Laboratório Especial de Coleções Zoológicas)

Obs: Os alunos deverão ter equipamento próprio (pinças, estiletes etc) e roupas adequadas para aula em campo.

2. Animais de Laboratório: uma especialidade

Valor: R$ 120                                     

Data: 16 a 20 de maio

Horário: 8h30 às 17h30

Público: alunos de pós-graduação, bioteristas e usuários de animais de laboratório. É preciso ter graduação para se inscrever.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O Curso engloba temas relacionados a analgesia, anestesia em lagomorfos e roedores de laboratório, assim como biossegurança em biotério, boas práticas de produção em biotérios, legislação e 3Rs. Outros temas presentes nas aulas serão etologia e enriquecimento ambiental, eutanásia e descarte de resíduos biológicos. O programa apresenta também Interferências do ambiente no resultado experimental, manejo das espécies convencionais de animais de laboratório, bem como vias de administração e coleta de material.

Coordenação: Vânia Gomes de Moura Mattaraia (Biotério Central)

IMUNOLOGIA

1. Introdução à Imunobiologia

Valor: R$ 80

Data: 04 a 08 de abril

Horário: 14h às 17h

Público: graduados em Biologia, Medicina, Veterinária, Farmácia, Odontologia e Biomedicina.

Carga horária: 15 horas             

Vagas: 50

Programa: as aulas abordam assuntos intrínsecos ao sistema imune, como órgãos e células, imunidade inata e inflamação. Além disso, a programação apresenta temas sobre mecanismos efetores da resposta imune, assim como soros e vacinas.

Coordenação: Denise Vilarinho Tambourgi (Laboratório de Imunoquímica)

EDUCAÇÃO

1. Estudos de públicos em museus

Valor: R$ 80

Data: 12 a 15 de abril

Horário: 13h30 às 17h

Público: graduados e graduandos com interesse em Museologia e áreas relacionadas.

Carga horária: 14 horas

Vagas: 25

Programa: O curso aborda assuntos como definição de público, estudos de público, museus e conceitos relacionados. Além disso, o planejamento de estudo de público, com teoria e exemplos práticos, também está na programação.

Coordenação: Adriana Mortara Almeida (Museu Histórico)

SAÚDE PÚBLICA

1. História das práticas sanitárias em São Paulo

Valor: R$ 80

Data: 30 de maio a 02 de junho

Horário: 13h às 17h

Público: graduados em qualquer área do conhecimento.

Carga horária: 16 horas

Vagas: 20

Programa: O curso apresenta o contexto histórico que contribuiu para estabelecer as práticas sanitárias na cidade de São Paulo. Estão em pauta os aspectos históricos do Instituto Butantan, os códigos sanitários do Estado de São Paulo e as mudanças no perfil demográfico, epidemiológico e tecnológico. Além disso, as aulas abordam as perspectivas e desafios nos 25 anos de SUS e apresentam a linha do tempo da saúde pública no Estado de São Paulo.

Coordenação: Nelson Ibañez (Laboratório Especial de História da Ciência)

GESTÃO AMBIENTAL

1. Curso básico de levantamento florístico

Valor: R$ 120

Data: 23 a 27 de fevereiro

Horário: 8h às 17h

Público: profissionais e acadêmicos dos cursos de Biociências, Gestão de Meio Ambiente e Engenharia Florestal.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso aborda teoria e práticas sobre noções e métodos de levantamentos florísticos e inventários florestais, bem como morfologia e taxonomia para a identificação de espécies vegetais.

Coordenação: Erika Hingst-Zaher e Luíza Teixeira-Costa (Museu Biológico)

2. Ferramentas analíticas aplicadas à saúde e gestão ambiental

Valor: R$ 80

Data: 28 e 29 de abril

Horário: 8h às 17h

Público: graduandos, profissionais, técnicos, graduados e pós-graduandos nos campos de Biologia, Biomedicina, Química, Farmácia e áreas relacionadas.

Carga horária: 16h

Vagas: 50

Programa: O curso trata das principais noções de segurança no manuseio e preparo de reagentes químicos, bem como as práticas de segurança na destinação de resíduos químicos. Também estão em pauta as aplicações da cromatografia líquida e a gás acoplado à espectrometria de massa a gestão ambiental. As aulas englobam ainda noções básicas de ressonância magnética nuclear e eletroforese aplicada à saúde e gestão ambiental.

Coordenação: Sonia Andrade e Giovana Barazzone (Comissão de Resíduos do Instituto Butantan)

3. Programa de Gerenciamento de Resíduos – PGR

Valor: R$ 80

Data: 23 a 25 de maio

Horário: 8h às 17h

Público: gestores e profissionais de instituições públicas com interesse em atuar na área de Gestão de Resíduos.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 60

Programa: O curso apresenta temas como o programa de gerenciamento de resíduos do Instituto Butantan, regulamentação e os diversos resíduos de saúde, elementos infectantes e perfurocortantes, carcaças, químicos, radioativos e resíduos sólidos comuns. Além disso, a aula aborda a atividade prática de elaboração de um PGR.

Coordenação: Neuzeti M. Santos (Gestão do Meio Ambiente) e Mônica Spadafora Ferreira (Comissão de Resíduos do Instituto Butantan).

IMPORTANTE: A inscrição só será confirmada após o interessado enviar seu currículo resumido e sua justificativa para participar do curso. O material deve ser enviado até o dia 20 de abril para o e-mail cursos.cultural@butantan.gov.br.

A lista dos nomes aprovados será divulgada em 10 de maio.

Extensão Universitária – 2º semestre

BIOLOGIA DE ANIMAIS DE INTERESSE EM SAÚDE

1. Aracnídeos

Data: 03 a 07 de outubro

Horário: 8h30 às 17h

Público: graduados e graduandos nas áreas de Biologia, Biomedicina, Veterinária e Zootecnia que já cursaram as disciplinas de Zoologia I e II.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso terá como temas a biologia e morfologia dos aracnídeos, comportamento, criação e manutenção em Cativeiro, bem como técnicas de coleta e obtenção de venenos e produção de soro. As aulas apresentam ainda assuntos sobre prevenção, controle e clínica de acidentes.

Coordenadora: Rosana Martins e Vanessa Penna Gonçalves (Laboratório de Artrópodes)

BIOLOGIA E ECOLOGIA ANIMAL

1. Quelônios: da pesquisa ao campo. Conhecendo tartarugas, cágados e jabutis

Data: 29 de agosto a 02 de setembro

Horário: 13h30 às 17h

Público: graduandos, graduados em qualquer área do conhecimento e demais interessados.

Carga horária: 20 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas englobam aspectos relacionadas a biologia, identificação e reconhecimento dos principais grupos de quelônios brasileiros aquáticos e terrestres (tartarugas marinhas e de água doce, cágados e jabutis). Além disso, o curso fala sobre a relação entre homem e quelônios e aborda o manejo a manutenção das espécies. Haverá também uma oficina lúdica de modelagem de argila.

Coordenação: Myriam Elizabeth Velloso Calleffo (Laboratório de Herpetologia)

2. Biologia reprodutiva de Squamata (serpentes, lagartos e anfisbenas)                                 

Data: 19 a 23 de setembro

Horário: 8h30 às 17h30

Público: graduandos a partir do 2º ano, além de graduados em Biologia, Veterinária e áreas relacionadas.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 25

Programa: O curso engloba temas como comportamento e reprodução em cativeiro, anatomia e fisiologia reprodutiva, modos reprodutivos, manejo e patologia reprodutiva. Além disso, os ciclos reprodutivos de fêmeas e machos, bem como hormônios, comunicação química e feromônios estão na programação. Haverá aula prática de dissecção e análises histológicas.

Coordenação: Selma M. A. Santos (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

IMPORTANTE: Os alunos deverão ter avental e equipamento de dissecção (pinça e tesoura).

3. História Natural de Serpentes

Data: 26 a 30 de setembro

Horário: 9h às 17h

Público: graduados e graduandos em Ciências Biológicas com interesse em pesquisa na área de herpetologia.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O curso aborda a caracterização das serpentes e a introdução aos estudos de História Natural. Outros temas presentes no programa englobam diversidade e evolução dos principais grupos, atividade e uso de habitat, além de alimentação, estratégias defensivas, reprodução e conservação.

Coordenador: Otavio Marques (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

4. Diversidade e Evolução do comportamento dos aracnídeos

Data: 25 a 27 de outubro

Horário: 8h30 às 17h

Público: graduados e graduandos cursando, no mínimo, o penúltimo ano em Ciências Biológicas, Psicologia, Veterinária e Zootecnia.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 20

ProGrama: Entre os temas propostos nas aulas estão: introdução ao estudo do comportamento animal, diversidade das ordens Solifugae, Pseudoscorpiones, Palpigradi, Acari, Ricinulei, Amblypygi, Thelyphonida e Schizomida, com ênfase na evolução de Araneae, Opiliones e Scorpiones. Além disso, o curso engloba fisiologia e comportamento predatório, reprodutivo, cleptoparasitismo e socialidade.

Aula prática: haverá aula prática sobre observação e análise do comportamento predatório e reprodutivo dos aracnídeos.

Coordenação: Vanessa Penna Gonçalves (Laboratório de Artrópodes)

5. Anfíbios: Biologia, Venenos e Folclore

Data: 07 e 08 de novembro

Horário: 9h às 17h

Público: geral

Carga horária: 16 horas

Vagas: 50        

Programa: O curso faz uma introdução à sistemática dos anfíbios e apresenta temas sobre biologia e história natural de anuros, urodelos e gimnofionas. Fazem parte do programa assuntos relacionados a estratégias de defesa contra predadores, microrganismos e dessecação, morfologia e fisiologia da pele com ênfase nas glândulas produtoras de veneno, além de estratégias reprodutivas e anfíbios na cultura popular.

Coordenação: Carlos Jared e Marta Maria Antoniazzi (Laboratório de Biologia Celular)

6. Patrimônio Imaterial e Etnobiologia em saúde: uma pesquisa na Amazônia do Oeste do Pará

Data: 21 a 23 de novembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: geral

Carga horária: 12 horas

Vagas: 25

Programa: o curso aborda a História da Saúde no oeste do Pará, com o Fordismo e imigração nordestina, além da formação dos núcleos e hospitais. As aulas falam sobre o Patrimônio Cultural no Oeste do Pará, as práticas populares de prevenção e cura oriundos de recursos da natureza e as comunidades tradicionais.

Coordenação: Myriam Elizabeth Velloso Calleffo (Laboratório de Herpetologia) e Suzana Cesar Gouveia Fernandes (Núcleo de Documentação)

TÉCNICAS DE COLETA E MANUTENÇÃO DE ANIMAIS

1. Animais de Laboratório: uma especialidade

Data: 17 a 21 de outubro

Horário: 8h30 às 17h30

Público: alunos de pós-graduação, bioteristas e usuários de animais de laboratório. É necessário ter graduação para participar do curso.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: O Curso engloba temas relacionados a analgesia, anestesia em lagomorfos e roedores de laboratório, assim como biossegurança em biotério, boas práticas de produção em biotérios, legislação e 3Rs. Outros temas presentes nas aulas serão etologia e enriquecimento ambiental, eutanásia e descarte de resíduos biológicos. O programa apresenta também Interferências do ambiente no resultado experimental, manejo das espécies convencionais de animais de laboratório, bem como vias de administração e coleta de material.

Coordenação: Vânia Gomes de Moura Mattaraia (Biotério Central)

2. Coleta, montagem e identificação de insetos

Data: 09 a 11 de novembro

Horário: 9h às 17h

Público: profissionais da área biológica e demais interessados.

Carga horária: 24 horas

Vagas: 12

Programa: O curso ensina sobre as técnicas entomológicas para coletar insetos utilizando. As aulas explicam sobre a triagem e a montagem do material para realizar coleções científicas e identificar as principais ordens.

Coordenação: Roberto Henrique Pinto Moraes (Laboratório Especial de Coleções Zoológicas)

Obs: Os alunos deverão ter equipamento próprio (pinças, estiletes etc) e roupas adequadas para aula em campo.

EDUCAÇÃO

1. Reflexões e estratégias didáticas de ensino de microbiologia nos Ensinos Fundamental e Médio

Data: 05 a 08 de julho

Horário: 9h às 17h

Público: professores de Ciências e/ou Biologia dos Ensinos Fundamental e Médio, profissionais de Educação e graduandos em Biologia e Ciências da Natureza a partir do 3º ano.

Carga horária: 32 horas

Vagas: 15

Programa: O curso terá apresentação de materiais didáticos do Museu de Microbiologia, dinâmicas educativas e palestras de metodologia de ensino. Além disso, as aulas propõem o desenvolvimento de atividades didáticas, práticas didáticas laboratoriais de microbiologia e elaboração de uma ação educativa sobre microbiologia.

Coordenação: Adriano Dias de Oliveira e Cynthia Iszlaji (Museu de Microbiologia)

2. Animais em exposição: desafios e potencialidades educacionais

Data: 11 a 15 de julho

Horário: 9h às 17h

Público: alunos de licenciatura, estudantes de pós-graduação em áreas relacionadas à educação, professores de Ciências e Biologia dos ensinos fundamental e médio e educadores.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 25

Programa: O curso aborda as relações históricas dos museus e zoológicos com seus públicos, os desafios e potencialidade do uso de animais no ensino de ciências e em espaços de educação não-formal, além de metodologias educativas e propostas de atividades.

Coordenação: Giuseppe Puorto, Mariana G. Soler (Museu Biológico/Butantan), Fátima Roberti (Zoológico de São Paulo/FPZSP) e Márcia Lourenço (Museu de Zoologia/USP)

3. Introdução à educação em museus (módulo I)

Datas: 09, 11, 23 e 25 de agosto

Horário: 13h30 às 17h30

Público: alunos de licenciatura; professores de todos os níveis; educadores de museus e demais interessados.

Carga horária: 12 horas

Vagas: 20

Programa: Baseado na educação não-formal, o programa engloba aspectos históricos da educação em museus, definição de museus e suas tipologias, aprendizagem, públicos e a relação museu-escola. Além disso, as aulas falam sobre o perfil do profissional que atua nessa área e como são compostas as equipes educativas. Haverá atividade prática com visita aos museus.

Coordenação: Luciana M. Monaco (Núcleo de Difusão do Conhecimento) e Paulo N. Monteiro (Laboratório Especial de História da Ciência)

4. Introdução à prática educativa em museus (módulo II)

Data: 27 a 29 de setembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: alunos de licenciatura; professores de todos os níveis; educadores de museus e demais interessados.

Carga horária: 12 horas

Vagas: 25

Programa: O conteúdo do curso engloba temas sobre a composição da prática educativa em espaços não formais, a ideia de comunidades de prática e a especificidade dos museus. Além disso, as aulas tratam sobre a produção e a definição de materiais educativos e o passo a passo na elaboração de uma ação educativa e proposta de avaliação da ação educativa elaborada.

Coordenação: Luciana M. Monaco (Núcleo de Difusão do Conhecimento)

SAÚDE PÚBLICA

1. Soros e Vacinas

Data: 15 a 19 de agosto

Horário: 9h às 17h

Público: graduados em Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Veterinária e Biologia.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 60

Programa: Estão presentes no programa do curso temas relacionados a Farmacovigilância, animais peçonhentos, extração de venenos, manejo e imunização de equinos, produção de soros e de vacinas bacterianas, virais e recombinantes, controle e garantia de qualidade, além de formulação, envase e acondicionamento.

Coordenação: Amanda Ferreira da Silva Araújo (Seção de Processamento de Plasma Hiperimune), Denise Cristina André Oliveira (Seção de Hepatite) e Fernanda Lúcio dos Santos Macarini (Seção de Vacinas Anaeróbicas).

2. Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento – O papel das instituições de pesquisa e o Sistema Único de Saúde Brasileiro

Data: 12 a 16 de setembro

Horário: 13h30 às 17h30

Público: pesquisadores, profissionais, graduados, e pós-graduandos nas áreas afins ao tema Ciência, Tecnologia e Saúde.

Carga horária: 20 horas

Vagas: 20

Programa: O curso engloba conceitos, informações e atualização sobre os temas C & T e P & D, além de inovação e complexo industrial da saúde. Também estão presentes no conteúdo programático o papel dos institutos de pesquisa e o Sistema Único de Saúde.

Coordenação: Cristiano Corrêa de Azevedo Marques e Olga Sofia Fabergé Alves (Laboratório Especial de História da Ciência)

3. Ecotoxicologia e indicadores ambientais

Data: 05 a 09 de dezembro

Horário: 14h às 17h

Público: Alunos de graduação, pós-graduação e profissionais das áreas de ciências.

Carga horária: 15 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas fazem uma introdução à Ecotoxicologia e tratam de temas relacionados a contexto histórico, legislação ambiental, ações antrópicas, fontes de poluição e vias de exposição. O curso aborda também os principais grupos de contaminantes ambientais, potenciais compartimentos de contaminantes nos ecossistemas naturais e destino e comportamento de contaminantes ambientais nos ecossistemas e nos organismos (biodegradação, bioacumulação e biomagnificação). Além disso, o programa apresenta conceitos de biomarcadores e bioindicadores, efeitos tóxicos e genéticos, cultivo e manutenção de organismos em laboratório, metodologias padronizadas e aplicadas em estudos de impacto ambiental, bem como noções práticas de ensaios ecotoxicológicos.

Coordenação: Lenita de Freitas Tallarico (Laboratório de Parasitologia)

ANÁLISE FILOGENÉTICA

1. Fundamentos Teóricos e Práticos da Sistemática Filogenética

Data: 31 de outubro, 03, 07, 10, 17, 18, 21, 24 e 28 de novembro e 1º de dezembro

Horário: 13h às 17h

Público: Graduados e graduandos nas áreas de Ciências Biológicas.

Carga horária: 40 horas

Vagas: 20

Programa: As aulas englobam temas relacionados a sistemas de organização da biodiversidade, história das escolas de sistemática, epistemologia e sistemática, metodologia de análise filogenética, enraizamento de cladogramas e o triplo paralelismo de agassiz e haeckel, biogeografia histórica (o quarto paralelismo), regras de classificação e taxonomiam reconhecimento de padrões sistemáticos à inferência de processos evolutivos, aplicações da sistemática em Bioprospecção, bem como sistemática e conservação da biodiversidade.

Coordenação: Hebert Ferrarezzi (Laboratório Especial de Ecologia e Evolução)

Inscrições

instituto-butantan-cursos-2016

As inscrições para os cursos do 1º semestre estarão disponíveis a partir de 26 de janeiro. Para o 2º semestre, elas serão abertas em maio.

Para obter mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 2627-9537 ou pelo e-mail cursos.cultural@butantan.gov.br.

* Atualizado em 22 de janeiro de 2016